Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Aogashima, a ilha mais fantástica do Japão

Mäyjo, 31.01.18

Aogashima.jpg

Aogashima (1).jpg

A paradisíaca e surreal Ilha de Aogashima é um imenso vulcão com uma povoação e um outro vulcão menor lá dentro. 

Não se sabe ao certo, como a ilha começou a ser povoada, mas registos históricos indicam que desde o século XVII já havia gente por lá. A ilha tem 8,75 km² de área e uma população local de 200 pessoas.

Não há muito o que se fazer em Aogashima, excepto desfrutar da tranquilidade de um paraíso tropical. No centro da ilha encontra-se uma sauna geotérmica e as pessoas também utilizam o vapor geotérmico para cozinhar. 

Aogashima é a mais pequena vila do Japão. A partir de 2009, a população da ilha era 205 habitantes e tem vindo a diminuir. A ilha tem uma escola primária com cerca de 25 alunos. Quando atingem a idade de quinze anos, as crianças vão para uma escola no continente e a maioria não regressa mais à ilha. 

Fontes: Magnus Mundi, Revista Galileu 
Foto: Matador Network 

Astronauta russo publica no Instagram uma foto de Brasília, vista do espaço.

Mäyjo, 25.01.18

Astronauta russo publica .jpg

"Cidade incrível", comentou o astronauta Sergey Ryazanskiy que está a bordo da Estação Espacial Internacional.
A bordo da Estação Espacial Internacional (ISS, sigla em inglês), o astronauta russo Sergey Ryazanskiy, de 42 anos, postou na sua conta no Instagram (@sergeyiss) uma foto de Brasília tirada na madrugada de 30 de agosto. O astronauta está numa missão de seis meses no espaço para realizar uma série de experiências com nanosatélites na órbita da Terra.
Na parte central da imagem é possível ver o desenho do plano piloto e o contorno do Lago Paranoá.

Ryazanskiy divulgou a foto com a mensagem “A incrível cidade de Brasília. Vista de cima, a parte principal da cidade se assemelha a um avião, não é?” para os seus mais de 86 mil seguidores na rede social.
Além de ser o engenheiro de voo da missão, o astronauta é o fotógrafo “de serviço” registando imagens de diversas partes do mundo. A estação está a uma altitude de 400 km e dá uma volta em torno da Terra a cada 90 minutos.

 

Lago Baikal

Mäyjo, 18.01.18

lake Baikal.jpg

Baikal é um lago de origem tectónica na parte sul da Sibéria Oriental.

É o lago mais profundo do planeta e o maior reservatório natural de água doce, pois contém cerca de 20% da água fresca de superfície sem gelo. Está também entre os mais transparentes de todos os lagos. Estima-se que a idade deste lago seja de cerca de 25 milhões de anos, o que o torna um dos lagos mais antigos do mundo.

As pessoas locais tradicionalmente chamam Baikal de mar.

Diário de viagem: Sinagoga de la Ghriba, Djerba (Tunísia)

Mäyjo, 11.01.18

Diário de viagem.jpg


"Hoje visitei a sinagoga de la Ghriba, um dos principais marcos dos judeus de Djerba e do judaísmo no geral. É uma das mais antigas do mundo, construída em 586 ac. Surpreendentemente 30% da população de Djerba é Judaica, uma das últimas comunidades judias que sobrevivem no mundo árabe."

Texto: Rute Obadia (testemunho na primeira pessoa) 
Fotos: Rute Obadia 

 

Ranking da corrupção em 2016

Mäyjo, 10.01.18

estudo feito.jpg

Estudo, feito pela Transparência Internacional, analisa perceção da população dos países sobre a corrupção; Dinamarca e Nova Zelândia lideram ranking como menos corruptos.

O ranking leva em consideração a perceção que a população tem sobre a corrupção entre servidores públicos e políticos. Quanto melhor um país está situado no ranking, menor é a perceção da corrupção por seus cidadãos.

A pontuação do ranking vai de 0 (extremamente corrupto) a 100 (muito transparente).

A Somália, com 10 pontos no ranking, é o país com maior perceção de corrupção dentre as nações analisadas. O país africano ocupa a última posição no ranking pelo décimo ano consecutivo.

 

 

Pág. 1/2